Categorias
Curiosidades e Variedades De Mãe pra Mãe

feliz dia das maes

Antes de ser mãe, eu fazia e comia os alimentos ainda quentes. Eu não tinha roupas manchadas,tinha calmas conversas ao telefone. Antes de ser mãe, eu dormia o quanto eu queria, Nunca me preocupava com a hora de ir para a cama. Eu não me esquecia de escovar os cabelos e os dentes Antes de ser mãe,eu limpava minha casa todo dia. Eu não tropeçava em brinquedos e nem pensava em canções de ninar. Antes de ser mãe, eu não me preocupava: Se minhas plantas eram venenosas ou não. Imunizações e vacinas então, eram coisas em que eu não pensava.Antes de ser mãe,ninguém vomitou e nem fez xixi em mim, Nem me beliscou sem nenhum cuidado, com dedinhos de unhas finas. Antes de ser mãe, eu tinha controle sobre a minha mente, Meus pensamentos, meu corpo e meus sentimentos,e dormia a noite toda. Antes de ser mãe, eu nunca tive quesegurar uma criança chorando, para que médicos pudessem fazer testesou aplicar injeções. Eu nunca chorei olhando pequeninos olhos que choravam. Nunca fiquei gloriosamente feliz com uma simples risadinha. Nem fiquei sentada horas e horasolhando um bebê dormindo. Antes de ser mãe, eu nunca segurei uma criança, só por não querer afastar meu corpo do dela. Eu nunca senti meu coração se despedaçar, quando não pude estancar uma dor. Nunca imaginei que uma coisinha tão pequenina, pudesse mudar tanto a minha vida e que pudesse amar alguém tanto assim. E não sabia que eu adoraria ser mãe. Antes de ser mãe, eu não conhecia a sensação, de ter meu coração fora do meu próprio corpo. Não conhecia a felicidade de alimentar um bebê faminto. Não conhecia esse laço que existe entre a mãe e a sua criança. E não imaginava que algo tão pequenino, pudesse fazer-me sentir tão importante. Antes de ser mãe, eu nunca me levantei à noite toda, cada 10 minutos, para me certificar de que tudo estava bem. Nunca pude imaginar o calor, a alegria, o amor,a dor e a satisfação de ser uma mãe. Eu não sabia que era capaz de ter sentimentos tão fortes. Por tudo e, apesar de tudo, obrigada Deus, Por eu ser agora um alguém tão frágil e tão forte ao mesmo tempo. Obrigada meu Deus, por permitir-me ser Mãe!Silvia Schmidt
Categorias
Crianças De Mãe pra Mãe

A Bolinha Do Desespero

Minha filha Luize teve a capacidade de colocar uma bolinha de bijuteria (bolinha meio grandinha) no nariz.

Quase morro do coração!

Eu gritava com ela! Surtei!

Liguei para um amigo que é bombeiro e ele começou a me instruir, tipo sugar com a boca a narina e tapar a outra,
depois tentar colocar sugador d catarro no narizinho pra vê se sai, e nada deu certo!

Então liguei pro meu marido Ricardo (outro surtado) Ele ficou desesperado também, cancelou paciente(ele é dentista) e veio pra casa. Meu marido tentou com uma pinça odontológica tirar a bolinha, mas desistiu e fomos ao pronto atendimento

No caminho ela espirrou 5x .

No pronto atendimento fomos atendidos por uma pediatra muito gentil que acalmou a minha filha e a gente,conversou com a Luize e deu uma rápida examinada nela, ela explicou que em casos como esses sempre era bom tentar se acalmar e tapar uma narina e expira ar com a outra narina, Ai de repente a Luize começou a fazer o que a médica dizia e por fim na 3° tentativa saiu … Nossa como passei mal…

Estou grávida de 5 meses (outra menina ღ ) e realmente fiquei muitooo… Nervosa

Ela tem 5 anos de idade, portanto pensem antes de comprar esses presentes de fazer bijuterias para crianças pq o dela já foi pro lixo.

By até a próxima ღ

Categorias
Crianças De Mãe pra Mãe Humor

Tatuagem Na Piriquita

Nossa essa é uma história muito engraçada!

É incrível como criancinhas em sua ingenuidade nos fazem passar por cada uma…

Bom, como eu tenho alergia a Gillette, sempre vou a depiladora. E pouco tempo atrás,  que ela me apresentou uma moda que era colocar Tatuagens temporárias de papel de transferência (são aplicadas ao pressionar a frente da tatuagem em uma parte seca da pele e então molha-se a parte de fora do papel. O papel de transferência irá escorregar da pele assim que secar) na piriquita (como sou adepta a depilação brasileira ) então o resultado fica lindo e a gente ainda joga brilhinho de glitter.

Ai cheguei em casa (dolorida, né pq dói), ai que dor talz… ( comentando com a sogra), e minha filhinha almoçando para ir a escola

ai eu falei ai fiz a tatuagem (e a minha filha prestando atenção bem quietinha).

Depois ela me perguntou: _ Mãe a tatuagem doeu?

_Não filha, a tatuagem não

Ai eu expliquei a ela como foi feito, e ela quis ver, eu mostrei

Mas aquela não era 1°vez q eu tinha feito essa tatuagem, eu já tinha feito antes, e já tinha mostrado antes para a minha filha…

Ai levei ela para escola…

Quando fui buscar… a diretora me chamou e falou que a Luize tinha chego na sala de aula gritando:_Minha mãe fez tatuagem na Piriquita!Minha mãe fez tatuagem na Piriquita!Minha mãe fez tatuagem na Piriquita!Minha mãe fez tatuagem na Piriquita!

E….Tatuagem No Periquito

A sala ficou em polvorosa todo mundo queria saber como se faz tatuagem num periquito (pq eles estavam entendendo que era periquito passarinho, como se fazia tatuagem nas penas do passarinho)

A diretora teve que entrar na sala e acalmar a minha filha, pedir para ela para de falar sobre isso, e depois veio me perguntar o que tinha acontecido….

Pense na minha vergonha ao ter de explicar cara-a-cara para a diretora e a mãe diretora (as 2 são as diretoras da escolinha da minha filha) que eu tinha feito a bendita tatuagem na Piriquita (tatuagem falsa) e mostrei para a minha filha…

E hoje quando lembro morro de rir…

 

Categorias
Crianças Curiosidades e Variedades De Mãe pra Mãe

Progressiva de Barbie

Minha filha é pequena e não tem muito cuidado com suas bonecas (ou sei lá o q) a questão é que toda a vez que olho os cabelos das Barbies dela sinto dores no coração e no bolso. Eu sempre procurei solução e como cuidar das barbies (mas nunca fui muito bem sucedida nisso), teve uma vez que eu sequei com o secador e ficou um desastre. Um dia desses conversando com uma moça,ela me disse que sua amiga achou na internet uma receita para arrumar os cabelos da Barbie da filha. Eu fui atrás e vim compartilhar com vcs a receita e a minha experiência.

A Progressiva da Barbie: A receita

Um pedaço de papel filme;
– Água;
– Detergente;
– Amaciante de roupas;
– Escovinha de cabelo da Barbie.

Como fazer:
1º passo: Tire as roupas, acessórios, enfim, tudo que tiver na Barbie.
2º passo: Enrole um pedaço de papel filme em todo o rosto da Barbie, pois isso garante que se a maquiagem da boneca tiver glitter, não vai sair.
3º passo: Lave o cabelo da boneca com detergente, de preferência neutro, mas com outros detergentes também dá certo. E retire o sabão do cabelo da Barbie.
4º passo: Deixe o cabelo da boneca de molho no amaciante diluído em água por uns 5 minutos, ou mais.
5º passo: Retire o amaciante do cabelo da boneca e penteie bem retinho, pois vai ser assim que vai ficar.
6º passo: Deixe a boneca sentada, ou de algum modo que você não precise segurar (sem ser deitada) e jogue água quente, quase fervendo. Logo em seguida jogue água gelada. e deixe secar ao ar livre. Para acelerar o processo, deixe no sol.
Pronto! Cabelos da Barbie lisinho, brilhante e sem volume!

A Progressiva da Barbie: Minha experiência (13 Barbies de uma vez)

1º passo: Tirei as roupas das Barbies e não coloquei papel filme (elas não tinham maquiagem com glitter) e não danificou nada
2º passo: Lavei com detergente os cabelos, uma por uma, enxaguava e logo em seguida colocava no balde (de cabeça para baixo) que tinha amaciante e água.
3º passo: Deixei o cabelo da boneca de molho no amaciante diluído em água por mais de 30 minutos.
4º passo: Enxaguava o cabelo, e penteava (detalhe é que quando ficar difícil de pentear coloque mais água no cabelo da boneca)
5º passo: peguei duas vasilhas em uma coloquei água quase fervente, e outra com água gelada
6º passo: com o cabelo penteado, eu mergulhava o cabelo na água quente (penteava), depois na água gelada(penteava de novo)

(quanto mais danificado o cabelo da boneca, mais vezes vc coloca na água quente, água gelada) Pq é o choque térmico que faz a diferença no cabelo.

Coloquei para secar.

As bonecas mais novas, o cabelo ficou FABULOSO, perfeito e novinho outra vez, nas mais antigas ficou bom, as bonecas com cabelos que vieram mais cacheados, ñ ficaram tão bonitas, mais ficou melhor do que antes com certeza.

Beijos espero que gostem da dica.

ღ V ღ

Categorias
De Mãe pra Mãe

Pontinhos na Alimentação

Oie eu Sou Vivi N., tenho 28, sou mãe de uma linda menina de 5 anos, Luize ;e estou grávida de 5 meses (Não sei o sexo ainda).

Estou aqui para compartilhar alguma experiências com vcs, esse é o meu primeiro post, espero que vcs gostem.

Bom eu imagino que seja a idade, a questão é que toda a mãe que eu conheci (filho entre 3 a 5 anos ), possui a mesma reclamação, que a minha:

_ Minha filha(o) não come direito, e eu não sei o que fazer!

Eu também não sabia!

Assistia Supernanny , ouvia conselhos dos mais velhos. Mas nada resolvia meu problema! NADA!

Pq eu sempre acreditei que a criança deve se adaptar ao cardápio da casa (cardápio saudável e balanceado).

Um dia eu cansei de me estressar com minha filha no almoço e pensei hoje eu encontro a solução, ah… mas eu encontro.

Ai ela foi com a perua escolar e quando ela voltou eu já tinha descoberto uma solução “Pontinhos”

Simples e Perfeito!!!

Eu criei um jogo, uma regra na minha casa. Chamei ela no canto e disse:

_De hoje em diante teremos regras e são as seguintes:_Você tem de marcar 10 pontos para poder comer um doce, para escolher um passeio ou algo que vc queira (Nada absurdo, e presentes somente em datas comemorativas)

Tive de escolher 10 pontos, pq ela estava muito rebelde, portanto tive de ser drástica.

Ela ganharia pontos depois do almoço e do jantar, se comesse algo que não come normalmente (brócolis , couve-flor e etc) ganharia ao invés de 1, 3 pontos. Ok

No Dia  seguinte com muito esforço e sacrifício comeu couve-flor e brócolis, arroz e feijão (ela sempre implica com o feijão)

Comeu TUDO (sempre colocar uma quantidade de comida razoável, pq se comer muito dilata o estômago da criança, então não  pode forçar  a muito) Óbvio que eu fiquei do lado super – animada , estimulando, passando uma imagem positiva e bacana de conquistar o ponto.

E como não sou mãe de ferro eu deixei ela comer uma balinha depois do almoço e ela ficou bem contente, pq fez 3 pontos, e ainda comeu o doce dela. Depois disso continuei com muito sucesso e hoje em dia, quase não precisamos mais disso.  (comecei em Dezembro de 2013)

Espero que gostem da dicas.

Beijos.

 

Categorias
Blog

Mulher de 30

“Chegar aos trinta ou trinta e uns … é uma outra fase, é outra década…

Uma mulher é muito mais mulher aos 30 anos.

No segundo momento ela será talvez umas sete ou oito vezes mais interessante, mais sedutora, mais irresistível do que no primeiro.
Aos 30 anos, a mulher se conhece mais e é por isso muito mais autêntica, centrada, certeira – no trato consigo mesma e na relação com o seu homem

CORPO
Aos 30, a mulher tem uma relação mais saudável com seu corpo. Aos 30, ela está muito mais interessada em absorver do mundo o que lhe parecer justo e útil, ignorar o que for feio e baixo astral e ser feliz o máximo que der. Se o seu homem não gostar dela do jeito que ela é, dane-se!! Uma mulher de 30 só quer quem a mereça.

MODA
Aos 30, ela sabe se vestir. Domina a arte de valorizar as partes do corpo que lhes são pontos fortes e de tornar discretas aquelas que não interessa tanto mostrar. Melhora muito a qualidade da sua escolha de sapatos e acessórios, tecidos e decotes, cores e combinações, maquiagem e corte de cabelos

DINHEIRO
Gasta mais, porque tem mais dinheiro, mas, sobretudo, gasta melhor. Tem gestos mais delicados, posturas mais elegantes, é mais graciosa e temperada. O senso de propriedade e a noção de limites de uma mulher de 30 não têm termo de comparação com outra de 20. Aos 30 ela carrega um olhar muito mais matador – quando interessa matar. E que finge indiferença com muito mais competência – quando interessa repelir.

COMPORTAMENTO
Aos 30, a mulher não é mais bobinha. Não que fique menos inconstante. Mulher que é mulher se pudesse não vestia duas vezes a mesma roupa nem acordava dois dias seguidos com o mesmo humor. Mas aos 30 ela já sabe lidar melhor com esse aspecto peculiar da sua condição feminina. E poupa – exceto quando não lhe interessa poupar – o seu homem desses altos e baixos hormonais que aos 20 a transformavam.

Sim: aos 20 a mulher é escolhida. Aos 30, é ela quem escolhe!

Com 20 ela eventualmente veste calcinhas que não lhe favorecem. E as pendura no registro do chuveiro. Aos 30, usa lingeries escolhidas a dedo. Que, sempre surpreendentes e com altíssimo poder de fogo, o seu homem nunca sabe de onde saíram.

Aos 30, ela é mais natural, mais elegante, mais sábia, mais serena. Menos ansiosa, menos estabanada.

No jogo com os homens, já aprendeu a esgrimir no contra-ataque, construindo seus xeques-mates em silêncio. Quando dá o bote, é para liquidar a fatura.

Ela sabe dominar seu parceiro sem que ele se sinta dominado. Mostra sua força na hora certa, de modo sutil.
Eis o que quero dizer: tome a mesma moça aos 20 anos e aos 30.”

Autor desconhecido. Peguei no orkut da Flor Rosa e adorei!