Categorias
Bebês De Mãe pra Mãe

Tudo que você precisa saber sobre fraldas. O dossiê.

Ta aí um assunto que há 5 anos atrás eu jamais pensei que escreveria… Como a vida da gente muda, né? [Pausa para Reflexão]
#ignora

Voltando.

Duas grandes amigas minhas acabaram de se tornar Mães e ao conversar com elas percebi que existem 3  grandes dúvidas dos papais e mamães de primeira viagem em relação ao dia-a-dia do bebê, amamentação, umbigo e fraldas.

Não, não vou mostrar o guia para pais de primeira viagem, acho que elas já passaram desse nível. Vou falar sobre a parte que mais dói no corpo humano, o bolso, e vou começar com as fraldas.

A fralda tem que se adequar a criança e não a criança a fralda.

Assim como os adultos, bebês são diferentes, uns mais magrinhos, outros mais gordinhos, ou seja a largura da abertura da perninha da fralda deve ser ajustável e você terá que encontrar a marca de fralda que mais se adequa. O tamanho da fralda vai variar de acordo com o peso do bebê. Vem sempre descrito na embalagem, mas elas seguem + ou – esse padrão:
Tamanho RN: até 3,5 kg (tem bebê que nem chega a usar)
Tamanho P: até 6 kg
Tamanho M: de 5 a 9,5 kg
Tamanho G: de 8 a 12,5 kg
Tamanho XG: acima de 12 kg
Outro fato relevante é em relação a alergias, algumas marcas de fralda dão alergias em umas crianças e em outras não. Eu tive sorte, os meus nunca tiveram alergia a nenhuma marca. Mas a Tati, uma amiga minha sofreu D-E-M-A-I-S com o neném dela até achar uma marca que não desse esse desconforto. Pomadinhas protetoras (caso você não saiba) são justamente para evitar isso.

Como PAGAR pela fralda.

Eu nunca fui boa em Matemática, mas assim como todo mundo, assim que o negócio mexe no bolso você aprende na marra.
A primeira dica que eu dou é: Vá comprar fraldas com uma calculadora.
Não se deixe enganar pelo tamanho do pacote ou pelo brindezinho xumbrega que algumas marcas dão.
Você deve calcular o valor individual de cada fralda.
Uma fralda de boa qualidade, para o tamanho G (que o Samuel usa atualmente) custa entre 0,48 e 0,60 centavos. É isso mesmo minha amiga, cada presentinho que seu filhote faz na fralda sai a esse preço.
Conforme o tamanho da fralda (P, M, G, XG, etc…) há uma quantidade de fraldas no pacote. Apesar dos pacotes parecerem iguais em tamanho, a quantidade de fraldas nele pode variar. Fique atenta!

Como calcular QUANTAS fraldas um bebê usa.

Então, aqui quero só fazer um adendo para que está planejando o chá de bebê, peça mais fraldas no tamanho M e G, são as que o seu bebê mais vão usar. Se você vai estocar fraldas, fica aí a dica.
A quantidade de fraldas que um bebê usa por dia pode ter muitas interferências, dentinhos nascendo, cólicas, mudança de leite, inserção de alimentos sólido, etc. Mas há uma regra geral:
Quanto mais novo o bebê, mais fraldas por dia.
Caso você queira ter um parâmetro, vou dividir com vocês a MINHA experiência pessoal. Isso não é uma fórmula.
A Maria Luiza que nasceu prematura, 2,100 kg, portando um bebê pequeninho, usou muito mais fraldas que o Samuel.
Ela até mais ou menos uns 2 meses usava uma média de 11 fraldas por dia, quanto o Samuel que nasceu com quase 4 kg, usava uma média de 7 fraldas. Hoje com 1 ano e 9 meses ele usa +ou- umas 4 fraldas por dia.
Não sou médica, sou mãe, e a impressão que tive é que conforme o bebê vai crescendo, ele passa  a precisar de menos fraldas por dia.
No meu caso alguns fatores influenciaram para essa diferença, com a Malu, meu primeiro neném, eu, o pai dela ou minha mãe (principalmente minha mãe, aff…) trocava a fralda até sem ter xixi. Simplesmente porque a gente achava que ela já estava com a mesma fralda tempo demais:
“ –Já tem duas horas que essa menina tá com a mesma fralda, Patrícia! Vou trocar”. Desculpa esfarrapada da minha mãe pra ficar mais tempo com ela no colo.
Sabe como é, marinheiros de primeira viagem e com um exemplo próximo de uma amiga que estava passando horrores com fraldas tendem a ter zelo demais. O segundo filho é mais na intuição, você troca quando acha que tem que trocar, ou quando ele chora mesmo…rs

Como calcular quantas fraldas devo COMPRAR.

Aqui eu vou revelar pra vcs  um A-C-H-A-D-O o novo site da Santher.  A Santher, que nós já conhecemos com marcas como Personal, Kiss e Snob, acaba de lançar uma linha de fraldas. Eu ainda não tive oportunidade de conhecer, mas se levarmos em consideração os outros produtos, acho que podemos nos empolgar.

O grande destaque do site é um FRALDOMETRÔ, isso mesmo minha amiga, mãe, quase enlouquecida com tanta informação, finalmente alguma coisa para facilitar.

Você coloca a idade do bebê, a quantidade de fraldas que ele está usando por dia e o peso dele, que ele te dá o Tamanho da Fralda que você deve comprar e o Consumo Mensal/Médio Únitário.  É muita praticidade!
Outra coisa bem bacana que você tem no site é uma assinatura de fraldas, tipo de revista. Com a quantidade e o tamanho das fraldas que você precisará por mês, que você acabou de calcular no Fraldometro, você faz uma assinatura, uma compra de fraldas por um período a ser escolhido, recebe em casa e ainda tem um descontão!

Avisa o digníssimo que ele não vai ter mais que correr para a Farmácia 24 horas ás 3 da manhã porque as fraldas acabaram!

Se vc se interessou e quiser assinar, insira o código ONSBL02, na hora da compra que mães de repente (ou não), tem mais desconto ainda!

Quer mais?
O Link da Loja é: http://www.santheronstore.com.br/
O Link da Assinatura de Fraldas: http://www.santheronstore.com.br/Landing/Default.aspx?lid=5

O site com o Fraldometro infelizmente não está mais no ar 🙁

 


O Link de mais informação sobre fraldas aqui é: http://derepentemae.com.br/tag/fraldas/

Espero que gostem.

APP

Este Foi um post Publieditorial.

Categorias
Bebês De Mãe pra Mãe

Diferença entre fraldas de Meninos X Meninas

Fralda que respeita a anatomia das crianças

Mães de Menina e Menino, me, sabem que a fralda fica com formatos diferentes qdo cheias.

Inclusive, qdo o Samuel nasceu essa foi uma das primeiras diferenças que notei entre os cuidados com uma menina e um menino.
As fraldas de meninas ficam mais cheias em baixo e as fraldas de meninos, ficam mais cheias na frente.

Então até que eu me acostumasse com o novo posicionamento das fraldas, o Samuel volta e meias estava com o macacão na parte da frente molhado. Bom, isso foi no caso do MEU filhote, o seu pode não ser tão “mijão” qto o meu…rs

Mas #ficaadica fraldas de bebês meninos tem que ser colocadas um pouco mais pra frente que o normal e Atenção com oooo… ééé…então…como posso dizer…
Pingulim! #prontofalei.
Ele tem que ficar apontado pra baixo, se não o estrago é maior ainda… Palavra de quem aprendeu isso na marra…rs
Acho que pensando nisso a Hugies, a mesma que faz as fraldas da turma da Monica aqui no Brasil, lançou nos States uma fralda com reforços diferentes pra conter o xixi.

Ainda não vi nada parecido aqui no Brasil:

Quer saber Mais? FRALDAS

Espero que gostem!

APP

Categorias
Bebês

Bebê Irado

Papai é radical ! Uhulll… Sim! Roupas de bebês dos tatuadores do Miami Ink!

Eu sou fã de tatuagem (inclusive tramo fazer uma com o nome das crianças em breve) e acompanho a série.

E nesse fim de semana assisti o episódio onde o papai Yoji estava tentando emplacar a marca “Ruthless and Toothless”, na minha má tradução “Banguelos e Implacáveis”.

As roupinhas estão disponíveis atravé do site: https://store.ruthless-toothless.com/

E esse é o twitter deles: @rtfamily

Categorias
Bebês Crianças De Mãe pra Mãe

Pacotes de Turismo para viajar com o filho pequno

Viajar com bebês e crianças de até 4 anos, não é moleza.
Passiando na net olha só o site que eu achei.

O Clube Med tem pacotes de viagem para você e o seu bebê de 4 meses a 2 anos, não é legal?

 

Você conhece outras empresas que fazem esse serviço?

Linka aí!

APP

*Não é Plurieditorial

Categorias
Ameliando Bebês

Receitas de Papinha para Bebês

Essa é pra quem tem bebê em fase de desmame.
Essa página da Pampers, trás mais de 100 (isso mesmo! 100) receitas de papinhas naturais para o seu bebê.
Porque na época que os meus estavam começando a sair do peito eu não tinha achado uma #dica dessa?
Acessem:  

Espero que gostem!
APP

Categorias
Bebês

Os benefícios da boa alimentação dos bebês

Olha que legal esse texto sobre alimentação dos bebês. Não sabia que podia dar peixe para bebês apartir do sétimo mês. Alguns tipos de alimentos como peixe, caldo de cana, salgadinhos…etc. Eu só dei depois de 1º aninho.

A alimentação dos recém-nascidos deve ter cuidados especiais, pois seus efeitos configurarão no seu desenvolvimento ao longo de toda a vida

O aleitamento materno é recomendado por todos os órgãos de saúde do mundo, incluindo a Organização Mundial de Saúde (OMS), e não é por acaso. O leite materno tem todos os nutrientes necessários ao bom desenvolvimento da criança, sendo ainda a forma mais fácil e econômica de alimentação do bebê.

Diversas pesquisas indicam que a mortalidade infantil está relacionada com a passagem precoce do aleitamento materno para a introdução dos chamados alimentos complementares, sobretudo em países em desenvolvimento, como o Brasil. Segundo o pediatra titulado pela Sociedade Brasileira de Pediatria, Sylvio Renan Monteiro de Barros, “pesquisadores descobriram que os alimentos complementares reduzem a absorção de nutrientes próprios do leite materno, como o zinco e o ferro. E por isso é recomendado que a introdução de outros alimentos deve ser adiada, pelo menos até o sétimo mês de vida”.

Existem casos, porém, em que a mãe não pode amamentar seu bebê e nestas situações, é indicada a introdução gradativa de novos alimentos, como suco de frutas (laranja-lima ou seleta, cenoura, tomate, entre outros) e papas de frutas (banana-maçã, maçã, pêra, abacate ou mamão). As sopas serão introduzidas após a criança acostumar com outros alimentos líquidos e sólidos – com a adoção da sopa, ela experimentará as comidas salgadas.

“A partir do sétimo mês as mães podem oferecer peixe, como cação, filé de pescada, e também cereais – arroz, macarrão, ervilha. Depois do 8º e 9º meses, já podem introduzir a carne, o frango desfiado, o fígado e peixe moído. Mas tem que ter cuidado para que a criança não engasgue”, explica o pediatra.
A quantidade dos alimentos que serão adicionados na alimentação – não importa a fase – deve ter um critério bem avaliado. Também é importante que as mães estabeleçam uma rotina com alimentos saudáveis. Desta forma, poderão proporcionar bons nutrientes e disciplina aos seus filhos.

Outro aspecto importante na educação alimentar do filho é que esta é influenciada pelos hábitos alimentares dos próprios pais. Assim, para estimulá-lo a uma alimentação saudável, equilibrada e com rotina, o exemplo tem de partir dos pais. O reflexo deste bom hábito irá se refletir no desenvolvimento da criança, garantindo muito mais qualidade de vida e saúde em todas as fases seguintes de sua vida.

Dr. Sylvio Renan

fonte: http://blogdopediatra.blog.uol.com.br/