Categorias
Bebês

Foto Inspiração do Dia

Categorias
Bebês Humor

Não ria! Se puder…

Não me canso desses videos de bebê morrendo de rir.

Categorias
Bebês De Mãe pra Mãe

DICAS E CUIDADOS COM A PELE DO BEBÊ

Qual é a melhor forma de cuidar da pele do bebê?

Muitas são as dúvidas sobre os produtos que podem ou não ser aplicados, já que toda criança possui a pele muito sensível. Problemas de pele são comuns nessa idade e o que as mamães geralmente não sabem é que a maioria desses inconvenientes são fáceis de evitar com cuidados adequados no dia-a-dia. Por isso, a Dra. Silvia Zimbres, dermatologista da Doux Dermatologia, dá algumas dicas de como cuidar da pele dos bebês.

A incidência mais comum , por exemplo, é a dermatite de fralda. Ela aparece quando as fraldas não são trocadas com a freqüência ideal e não está necessariamente associada ao uso de cremes, como muitas mães pensam. O fundamental é manter o bebê sempre seco e, caso ocorra a dermatite, a orientação de um dermatologista é essencial. Nunca aplique cremes ou pomadas sem orientação de um especialista, pois uma “pomadinha” aparentemente “inofensiva” pode prejudicar, e muito, a pele e a saúde do seu filho.

 

O banho é outro momento que merece atenção. Bebês e crianças têm a pele normal ou com tendência a seca e, por isso, banhos demorados ou muito quentes são prejudiciais, pois aumentam a remoção do manto lipídico (camada protetora da pele). O uso excessivo de sabonetes – principalmente os antissépticos – e de esponjas e buchas, também contribuem para o ressecamento da pele e deve se restringir às axilas, genitais e pés, sendo que a própria espuma que escorre é o suficiente para limpar o restante do corpo. Para o banho fora de casa, lembre-se de que a criança deve estar de chinelos, pois elas são alvos fáceis de verrugas virais e micoses.

Os produtos mais adequados variam de acordo com a pele. Crianças alérgicas ou com pele seca precisam usar um hidratante. O produto escolhido não precisa ser infantil obrigatoriamente, desde que tenha pouco ou nenhum perfume e, se tiver uréia na formulação, sua concentração não deve exceder 3 a 5%. Quanto à proteção solar, ela é imprescindível. Certifique-se de que o produto tem proteção contra UVB (conferida pelo FPS) e também UVA (conferida pelas siglas PPD ou IPD). O filtro solar ideal para bebês e crianças deve apresentar em sua fórmula apenas os filtros físicos, e não químicos.

Para escolher as roupas opte por aquelas 100% algodão. Os tecidos mistos e sintéticos acabam prejudicando a transpiração, podendo ocasionar coceira e brotoejas. Uma novidade interessante no mercado são as roupas e bonés com tecnologia de filtro ultravioleta, que filtram até 98% dos raios solares, protegendo a criança mesmo em situações de exposição solar mais intensa.

DRA. SILVIA ZIMBRES

CRM/SP 104.406


Fonte| Doux Dermatologia – www.douxdermatologia.com.br

…………………………………………………………………………………..

O texto acima foi escrito e enviado por uma assessoria de imprensa. E aqui foi publicado gratuitamente por entender que o conteúdo é de interesse dos leitores deste Blog. Este conteúdo não reflete necessariamente minha opinião.

…………………………………………………………………………………..

 

Categorias
Bebês De Mãe pra Mãe

Semana Mundial de Aleitamento Materno 2011

Maria Luiza mamando com 16 dias de vida.

De 01 a 07 de Agosto acontece a Semana Mundial de Aleitamento Materno faz parte de uma história mundial focada na Sobrevivência, Proteção e Desenvolvimento da Criança.

Desde sua criação em 1948 que a Organização Mundial de Saúde – OMS tem entre suas ações aquelas voltadas a saúde da criança, devido a grande preocupação com a mortalidade infantil.

Em 1990, de um encontro organizado pela OMS e UNICEF resultou um documento adotado por organizações governamentais e não governamentais, assim como, por defensores da amamentação de vários países, entre eles o Brasil.

O documento chamado “Declaração de Innocenti” apresentou quatro objetivos operacionais:

• Estabelecer um comitê nacional de coordenação da amamentação;

• Implementar os “10 passos para o sucesso da amamentação” em todas as maternidades;

• Implementar o Código Internacional de Comercialização dos Substitutos do Leite Materno e todas as resoluções relevantes da Assembléia Mundial de Saúde;

• Adotar legislação que proteja a mulher que amamenta no trabalho.

Com o objetivo de seguir os compromissos assumidos pelos países com a assinatura do documento, foi fundada em 1991 a Aliança Mundial de Ação pró-Amamentação – WABA. Essa Organização criou no ano de 1992 a Semana Mundial de Aleitamento Materno, para promover as metas da “Declaração de Innocenti”.

A Semana Mundial é considerada como veículo para promoção da amamentação. Ocorre em 120 Países e, oficialmente, é celebrada de 1 a 7 de agosto (Tá eu sei, tô quase um mês atrasada, mas o que vale é a intenção né?).

No Brasil, o Ministério da Saúde coordena a Semana Mundial de Aleitamento Materno desde 1999. Sendo responsável pela adaptação do tema para o nosso País e elaboração e distribuição de cartaz e folder. Tem o apoio de Organismos Internacionais, Secretarias de Saúde Estaduais e Municipais, Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, Hospitais Amigos da Criança, Sociedades de Classe e ONGs.

Quer saber mais sobre AMAMENTAÇÃO ?

*Texto de divulgação.

** Esse Ano eu fiz na data certa…rs.

APP

Categorias
Bebês

Almofadas para bebês podem ser perigosas

Sabe essas almofadas para  o bebê na hora de dormir?
Elas também são conhecidas como Posicionador.

Autoridades americanas emitiram um alerta recomendando que os pais deixem de utilizar.

Eu nunca usei nos meus, detesto coisa me prendendo, ou prendendo qualquer coisa perto de mim, até meu sagüi eu criava solto imagina prendendo meu filho.

A advertência ocorreu após a notificação da morte de bebês por conta do acessório.
Alguns bebês se sufocaram ao ficar de barriga para baixo e depois girar para o lado. Outras ainda foram asfixiadas ao ficarem presas entre o travesseiro e um lado do berço. A comissão do FDA também diz ter recebido dezenas de relatos de pais que afirmaram ter encontrado seus filhos em posições perigosas, dentro ou ao lado do acessório.

O pediatra Sylvio Renan Monteiro de Barros, da MBA Pediatria e membro da Sociedade Brasileira da Pediatria, corrobora com a indicação, mas destaca que, sobretudo, a atenção dos pais continua sendo a melhor maneira de evitar acidentes com os bebês durante o sono.

“Embora tenhamos que respeitar as normas internacionais, a minha orientação é evitar o pânico, pois o volume de mortes relacionadas ao posicionador é extremamente baixo e sem comprovação direta que seja pelo uso do produto. Independente do auxílio de um acessório ou não, o importante é os pais e cuidadores ficarem atentos ao sono da criança e como ela se comporta. Sobre a posição mais segura contra regurgitamentos, o ideal é que a criança fique de lado, evitando que possa vir a sufocar com o líquido expelido”, explica o Dr. Sylvio Renan

 

Ou seja, o olho da mãe ainda é o melhor remédio para evitar acidentes.

 

 

Dr. Sylvio, também tem um Blog: Acesse

Quer saber mais sobre bebês: Acesse

Categorias
Bebês

Curva de Crescimento- Acompanhe o desenvolvimento de seu filho!

“Em 2006 foi lançada pela Organização Mundial de Saúde – OMS as novas Curvas para Avaliação do Crescimento da Criança de 0 a 5 anos. A recomendação para a elaboração de novas curvas foi aprovada pela Assembléia Mundial de Saúde da OMS, em 1994 e desde então o Programa de Nutrição da OMS coordenou um estudo mundial que teve início em 1996 com a participação de paises representativos das seis principais regiões geográficas do mundo que foram o Brasil (Pelotas) – representando a América Latina-, Ghana (Accra), Índia (Nova Delhi), Noruega (Oslo), Oman (Muscat) e Estados Unidos (Davis). 

As novas curvas de crescimento constituem um importante instrumento técnico para medir, monitorar e avaliar o crescimento de todas as crianças de 0 a 5 anos, independente da origem étnica, situação sócio-econômica ou tipo de alimentação. Desnutrição, sobrepeso, obesidade e condições associadas ao crescimento e à nutrição podem ser detectadas e encaminhadas precocemente na criança. Com a utilização dessas novas curvas pais, profissionais de saúde e gestores de políticas públicas tomarão conhecimento dos padrões do que constitui uma boa nutrição, saúde e desenvolvimento infantil.

Com base em vários critérios para inclusão no estudo (estudos epidemiológicos, localização geográfica das comunidades, presença de instituição de pesquisa capacitada, entre outros) o Brasil foi o país selecionado pela OMS para representar a América Latina. O estudo foi coordenado por professores da Universidade Federal de Pelotas e contou com o apoio financeiro do Ministério da Saúde. A coleta de dados para todo o estudo teve início em 1997 e foi finalizada em 2003, contendo informações da população infantil da cidade de Pelotas no Rio Grande do Sul. Veja mais sobre a metodologia do estudo em “Uma nova curva de crescimento para o século XXI“.”

 

 

Se vc quiser acompanhar a curva de crescimento do seu filhote, no site bebe.com tem uma calculadora super bacana, que vc pode imprimir e levar as consultas com o pediatra. Vale o Clique:

Fonte: http://nutricao.saude.gov.br/sisvan.php?conteudo=curvas_cresc_oms