Categorias
De Mãe pra Mãe

A História da Papagaia que fez Aniversário virar Natal.

Nessa semana, digníssimo completou mais um ano de vida.
Como é de nossa tradição trocamos presentes já à meia noite.
Somos muito ansiosos para esperar o bolo…

Então a 0:00 do dia 6 de abril, peguei a Maria Luiza (que ainda estava acordada) e busquei os presentes “escondidos” no armário da cozinha.

Quando ela viu as embalagens, logo soltou:
“_Pesente? “
Como que quis dizer _ Pra mim? Não precisava…

Logo tratei de explicar que era aniversário DO papai e quem ganhava o presente era ele.

Ela subiu as escadas reclamando alguma coisa que não entendi, mas tbm não dei muita bola.

Quando o pai dela abriu o ultimo pacote, eis que nos acontecesse mais uma de suas papagaisses.
Com um beicinho que dava pra dar até um nó de tão grande e os olhinhos CHEEEIOS de lágrima ela solta:
“_ Mamãe, cadê pesente minha ? Num tem?”

Puts!

Na hora, o pai dela que estava todo empolgado com a furadeira que parafusa (!), broxou…
“_ Filha é uma furadeira, se fosse brinquedo papai te dava! “

Lá vai a bruxa, insensível, cruel e sem coração aqui, que não se ligou que a menina sentiria a falta de um presente, leva-lá de volta para o seu respectivo quarto e finalmente faze-la dormir.

Lógico que passei o resto da noite tirando uma barato do digníssimo:
“_Mô, cadê anel de diamante minha?” Fiz beicinho e tudo mas, não funcionou. Acho que faltou as lágrimas…

Bom, como sei que ela é muito pequenininha pra entender que quem ganha presente é só o aniversariante. Durante o dia, como ela estava mesmo precisando de umas roupinhas, tratei de comprá-las para “dar de presente” antes dos parabéns a noite.

Ao pegá-la na escola, logo avisei que havia comprado um presente pra ela e pra meu espanto ouvi a seguinte afirmação:
“_E do Gôdi também!”

Como assim? Virou Natal?
Um faz aniversário e tem que comprar presente pra todo mundo?
Engraçado que qdo respondi, perguntando se ela havia comprado o meu também, logo ela rebateu:
“_O da mamãe ta gadado.”

Ou seja, EU tenho que comprar presente pra todo mundo, porque o meu tá gadado!

Como ela volta da escolinha sempre exausta, aproveitei a meia hora de sono dela pra pegar as roupinhas que havia comprado e colocá-las nas caixas de presente.
Como Pro Gôdi, tinha comprado só uma bermudinha, aproveitei os sabonetes da ultima compra de mercado e coloquei na embalagem pra completar a caixa.

Não preciso nem falar a alegria que foi ela abrir a caixa de presente dela com 2 camisetinhas e a do irmão com os sabonetes.

“_Hummm, pesente do Gôdi é sirooso…”.

E assim ficou decretado que na minha casa terá Natal 5 Vezes ao ano.

Fim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.